Monthly Archives: julho 2014

FUNCARTE lança edital 2014 com suplementação de recursos do fundo setorial do audiovisual

Na última sexta-feira, dia 25 de Julho, a Fundação Cultural Capitania das Artes republicou o edital Cine Natal 2014. Suspenso temporariamente em junho, o edital conta agora com a suplementação de recursos do Fundo Setorial do Audiovisual, que duplica o investimento municipal no campo da produção audiovisual. Este ano, os proponentes poderão se inscrever em duas categorias: a primeira premiará 06 projetos audiovisuais inéditos no valor de R$50.000,00 para produção de curtas-metragens de ficção, animação e documentários. Já a segunda categoria, se propõe a apoiar a realização de até 02 festivais independentes no campo do audiovisual, ofertando um aporte total de R$150.000,00. Ao total, serão investidos R$450.000,00, sendo R$250.000,00 oriundos do orçamento municipal, e R$200.000,00 da Agência Nacional do Cinema (ANCINE), via FSA.

A publicação encontra-se disponível no Diário Oficial do Município e Blog da Funcarte (www.blogdafuncarte.com.br)

Diário Oficial do Município publica nova regra para o Edital Cine Natal 2014

PORTARIA Nº 059/2014 – GP – FUNCARTE, Natal-RN, 28 de julho de 2014.

O presidente da Fundação Cultural Capitania das Artes – FUNCARTE, no uso de suas atribuições legais e tendo em vista o disposto no art. 42º da lei complementar nº 108, de 24 de junho de 2009.

Resolve:

Art. 1º Determinar que os proponentes do Edital n° 006/Cine Natal 2014 – Processo Administrativo n° 00000.023333/2014-22, tendo em vista as suas especificidades, estão autorizados a realizar o processo de cadastramento no CMEC – Cadastro Municipal de Entidades Culturais – em até 24 horas antes do ato da inscrição no referido Edital.

 

Art. 2º Esta portaria entrará em vigor na data de sua publicação.

 

Dácio Tavares de Freitas Galvão

Presidente da FUNCARTE

Edital Cine Natal é republicado no Diário Oficial do Município

 

O Edital Cine Natal foi republicado hoje no DOM. As inscrições estão abertas.

O edital contempla  premiações em duas categorias: Produção de Curta Metragens e Festivais. Serão selecionadas e premiadas 06 produções inéditas de curtas metragens no valor de R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais) cada e Dois Festivais, no valor de R$ 75.000,00 (Setenta e cinco mil reais) cada.

O Cine Natal conta com recursos de R$ 200.000,00 destinados pelo Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) da ANCINE, através de edital.
A prefeitura investiu R$ 250.000,00 e a ANCINE 200.000,00.
O total do Edital Cine Natal 2014 é de 450.000,00
Participe!

“Uns Contos Ordinários” será lançado na FUNCARTE, dia 29.

CONTOS ORDINÁRIOS
“Uns contos ordinários” é o novo livro que Cellina Muniz lança no dia 29 de julho, na Capitania das Artes, às 19h. O livro reúne 11 histórias que a autora escreveu desde que chegou a Natal, em 2010. Com várias referências sobre a cidade, Muniz trata de temas como solidão, alucinação e paixão a partir de situações flagradas do cotidiano de personagens demasiadamente humanos. Editado pelo selo alternativo ED!BAR, o livro é enriquecido pelas ilustrações do cearense André Dias e será vendido ao preço de 3 cervejas.

 

Lançamento do Livro ” Uns contos ordinários” 

Autora: Cellina Muniz
Data 29 de julho de 2014
Horário: 19hs
Local: 
Capitania das Artes (terraço da Biblioteca)
Endereço: 
Avenida Câmara Cascudo 434
Natal
, RN

Vão até a próxima Quinta-feira (24) as inscrições no F.I.C

Vão até a próxima Quinta-feira, 24 de Julho, as inscrições para o Fundo de Incentivo à Cultura – o F.I.C 2014.

O objetivo é fomentar a produção cultural em Natal em suas mais variadas vertentes, priorizando e dando suporte a todas as etapas necessárias para sua execução.

Ao todo serão disponibilizados R$ 400.000,00 (Quatrocentos mil reais) em projetos de dança, música, artes cênicas, literatura e artesanato.

Pessoas físicas e/ou jurídicas poderão participar desde que sejam inscritas no CMEC (Cadastro Municipal de Entidades Culturais).

Segundo Lenilton Teixeira, vice-presidente da FUNCARTE, “o F.I.C é a garantia de mais um espaço para que os artistas possam fluir suas obras. Quem não pode contar com o incentivo privado, pode contar com o F.I.C.” Como por exemplo, os artistas iniciantes, em busca de recursos para o lançamento do primeiro CD ou do do primeiro livro. “As quantias são modestas, mas certamente servirão de estímulo”, finaliza Lenilton.

As inscrições são gratuitas!

Outras informações no link abaixo – EDITAL FIC 2014

Inscrições no seguinte anexo – ANEXOS FIC 2014

« Older Entries