Monthly Archives: agosto 2015

Prazo para inscrições no FIC é prorrogado até 6 de outubro

A Prefeitura do Natal, através da Secretaria Municipal de Cultura (Secult/Funcarte), está prorrogando até o dia 6 de outubro o prazo de inscrição para projetos culturais no Fundo de Incentivo à Cultura 2015 (FIC). O valor total do investimento para o segmento cultural é de R$ 530 mil. A ampliação do prazo permitirá que mais proponentes e artistas possam organizar seus documentos e projetos culturais.

Para facilitar ainda mais a tramitação algumas exigências de documentos foram retiradas. Uma delas foi a alteração no item 5 da Documentação jurídica. Foram retiradas as exigências de declarações do TCE e do MPRN.

As novidades estão publicadas no Diário Oficial do Município (DOM) e os documentos necessários para a inscrição estão no blog da Funcarte www.blogdafuncarte.com.br

As inscrições deverão ser feitas na sede da Secult/Funcarte (Avenida Câmara Cascudo, Cidade Alta) sempre das 8h às 13h.

O Fundo de Incentivo à Cultura (FIC) vai atender projetos nas áreas das Artes Cênicas, Artes Visuais; Audiovisual; Música; Patrimônio Material e Imaterial; Literatura; Artesanato e Artes Integradas.

O edital contempla um total de 42 novos projetos para estimular a capacitação, ocupação; circulação; produção; performance; capacitação de músicos; instrumentistas e bandas carnavalescas, entre tantas outras categorias específicas.

 

O edital incentiva através de apoio financeiro os melhores projetos, distribuídos nas categorias a seguir:

 

  1. a) ARTES CÊNICAS: Incentivo, capacitação, ocupação e circulação de grupos, companhias e montagens de dança, circo, teatro e performance. Nesta categoria poderão ser selecionados até 06 (seis) projetos, totalizando R$ 80.000,00 (oitenta mil reais), distribuídos a seguir: 02 Projetos de valor total de R$ 20.000,00 (vinte mil reais) 04 Projetos de valor total de R$ 10.000,00 (dez mil reais)
  2. b) ARTES VISUAIS: Incentivo, capacitação, pensamento e produção de artes visuais em quaisquer de suas linguagens, tais como: desenho, colagem, gravura, pintura, escultura, cerâmica, objeto, fotografia, poesia visual, vídeo-arte, body-art, performance, instalação, happening, intervenção urbana, arte tecnologia, arte cinética, arte ambiental, arte conceitual, land-art, arte sonora, grafitti, site-specific, teoria, história, entre outros, distribuídos em: espaços da cidade, preferencialmente em territórios com significativo fluxo de pessoas. Nesta categoria poderão ser selecionados até 06 (seis) projetos, totalizando R$ 60.000,00 (sessenta mil reais), distribuídos a seguir: 06 Projetos de valor total de R$ 10.000,00 (dez mil reais).
  3. c) AUDIOVISUAL: Capacitação, formação, requalificação do quadro de técnicos e/ou profissionais para a produção de curtas em ficção ou documentários para suportes que atendam as demandas dos espaços e canais de veiculação existentes, sua promoção em sites e redes sociais. Nesta categoria poderão ser selecionados até 03 (três) projetos, totalizando R$ 60.000,00 (sessenta mil reais), distribuídos a seguir: 03 Projetos de valor total de R$ 20.000,00 (vinte mil reais).
  4. d) MÚSICA:Capacitação de músicos, instrumentistas, músicos para bandas carnavalescas, incentivo da prática de coro, canto coral, artistas e grupos musicais, preferencialmente para os festejos populares. Nesta categoria poderão ser selecionados 06 (seis) projetos, totalizando R$ 120.000,00 (cento e vinte mil reais), distribuídos a seguir: 06 Projetos de valor total de R$ 20.000,00 (vinte mil reais)
  5. e) PATRIMÔNIO MATERIAL E IMATERIAL: Fortalecer ações de grupos folclóricos tradicionais, das diversidades e grupos de dança popular da cidade de Natal, capacitação de técnicos, figurinistas, designers e aderecistas. Aquisição de material para criação e confecção de figurinos, adereços para quadrilhas juninas, entidades carnavalescas e grupos artísticos, Nesta categoria poderão ser selecionados até 08 (oito) projetos, totalizando R$ 80.000,00 (oitenta mil reais), distribuídos a seguir: 08 Projetos de valor total de R$ 10.000,00 (dez mil reais)
  6. f) LITERATURA, LIVRO, CORDEL, LEITURA E BIBLIOTECAS: Capacitação de escritores amadores e/ou profissionais no tocante à criação literária, publicação, circulação, leitura e fruição de obras. Nesta categoria poderão ser selecionados até 05 (cinco) projetos, totalizando R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais), distribuídos a seguir: 05 Projetos de valor total de R$ 10.000,00 (dez mil reais).
  7. g) ARTESANATO: Incentivar e qualificar, através de oficinas e cursos, artesãos e artistas para a criação e produção de artesanato. Nesta categoria poderão ser selecionados até 04 (quatro) projetos, totalizando R$ 40.000,00 (quarenta mil reais) distribuídos a seguir: 04 Projetos de valor total de R$ 10.000,00 (dez mil reais).

 

  1. h) ARTES INTEGRADAS:Ações de formação e/ou fruição que contemplem e integrem diferentes linguagens e áreas artísticas, preferencialmente para execução em Bairros com comprovada carência de acesso a bens e serviços culturais na Região Administrativa da cidade do Natal. Nesta categoria poderão ser selecionados até 04 (quatro) projetos, totalizando R$ 40.000,00 (quarenta mil reais) distribuídos a seguir: 04 Projetos de valor total de R$ 10.000,00 (dez mil reais).

 

Lei Djalma Maranhão está disponibilizando R$ 8 milhões

Além do FIC, a Prefeitura do Natal vem disponibilizando para a classe artística e produtores de cultura e geral também os benefícios da Lei Djalma Maranhão de Incentivo à Cultura, mecanismo de renúncia fiscal onde o município está colocando R$ 8 milhões para investimentos em Cultura.

Este ano já foram aprovados Os projetos “São João na Praça – Vamos Valorizar Nossas Raízes”, “Maior Idade… E a Festa Continua”, “Talento Potiguar – Show das Comunidades”, Feira de Artes de Petrópolis e Festival Música Alimento da Alma, MADA 2015.

Incentivo da Prefeitura do Natal torna possível documentário sobre poetas populares

03
Na próxima quinta-feira, dia 20, o Coletivo Caminhos Comunicação & Cultura apresenta ao público potiguar a série de documentários Cordelíricas Nordestinas, composta por 14 episódios de curta duração, com três minutos cada. O projeto será lançado no Museu de Cultura Popular Djalma Maranhão, no bairro da Ribeira, às 15h30, com a exibição de alguns episódios e um bate-papo com a equipe de produção. O projeto foi viabilizado através da Prefeitura do Natal, por meio do edital Literatura de Cordel 2014, que estimula a produção de projetos que contribuam para a área.

A série Cordelíricas Nordestinas tem como objetivo principal contribuir com a valorização da Literatura de Cordel do Nordeste brasileiro, através da exibição do perfil e a poesia de poetas populares que se destacam no segmento da poesia popular.

Em cada episódio será revelado o perfil de cordelistas e poetas nordestinos em formato e linguagem adequados à veiculação na Televisão aberta e fechada e na internet, privilegiando a obra e um pouco da história de cada um dos participantes da série. Todos os episódios serão disponibilizados na internet, através do canal TV Caminhos no Youtube, e posteriormente também serão veiculados na televisão.

O primeiro episódio apresenta a série e nos episódios seguintes o público vai conferir a história e os versos de 13 poetas populares, com destaque para os poetas reconhecidos no cenário da poesia popular do Rio Grande do Norte. Entre os potiguares estão Antônio Francisco, o repentista José Ribamar e o cordelista Luís Campos, de Mossoró, Crispiniano Neto, Xexéu, José Acaci e o poeta Lacerda, que mora em Campo Grande-RN.

Também fazem parte da série os pernambucanos José Edinaldo dos Santos, mais conhecido como o Ceguinho Aboiador e Abaeté, que atualmente coordena a Casa do Cordel, em Natal. Os paraibanos Bráulio Tavares e Rosa Régis, e representando o gênero da cantoria de viola, a dupla Mocinha de Passira e Minervina.

A série Cordelíricas Nordestinas é um dos diversos projetos desenvolvidos pelo Coletivo Caminhos Comunicação & Cultura, que neste ano de 2015 completa 10 anos de atuação, contribuição e fomento para o segmento do audiovisual com ênfase na cultura popular do Estado do Rio Grande do Norte. A série inaugura os eventos de comemoração e posteriormente será divulgada a programação de eventos para marcar a data.

O projeto foi iniciado em 2012, com a produção de um documentário que reuniu de forma lírica as diversas formas de expressão da Literatura de Cordel.

 

Contatos para entrevista

Alexandre Santos – 84-99977-6464

Érica Lima – 84-99176-5095

Dayana Oliveira – 84 – 98151-1700

Mais informações sobre os projetos do Coletivo: www.olharcultural.com

Edital para Curso de Assistência de Direção, com Marcelo Caetano

Marcelo CaetanoMarcelo CaetanoSeguem abertas as inscrições para o curso de “Assistência de Direção”, com Marcelo Caetano. No link abaixo tem o edital completo e detalhes sobre Marcelo Caetano, um dos principais roteiristas do Brasil.

 

A promoção é da Diretoria de Memória, Educação, Cultura e Arte, através do Centro Audiovisual Norte-Nordeste em parceria com o Núcleo de Arte e Cultura da UFRN.

 

http://www.fundaj.gov.br/images/stories/canne/editais2015/EDITALSelecaodeAlunos-Natal-MarceloCaetano-prorroga.pdf

Marcelo Caetano já participou de duas edições do Cine Natal, uma como avaliador de roteiros e também como curador do edital 2014.