Habilitados juridicamente para shows do Festival Natal tem Música

timthumb.phpA Prefeitura do Natal, através da Secretaria Municipal de Cultura (Secult/Funcarte), publicou na edição de hoje (4) do Diário Oficial do Município (DOM), a lista de artistas e proponentes habilitados juridicamente para os shows do Festival Natal tem Música, que acontece na segunda quinzena de dezembro na Árvore de Mirassol, dentro do Natal em Natal.

Confira a lista aqui: PORTARIA N. 014 SECULT – RESULTADO -HABILITAÇÃO JURÍDICA – FESTIVAL NATAL TEM MÚSICA

O resultado da habilitação documental e jurídica das propostas da Chamada Pública 001/2015 está publicado no Diário Oficial www.natal.rn.gov.br e também no Blog da Funcarte www.blogdafuncarte.com.br

Aqueles que não constam na relação de habilitados devem procurar a sede da Secretaria Municipal de Cultura (Secult/Funcarte) para impetrar recurso ou também buscar esclarecimentos sobre o processo.

A etapa seguinte da Chamada Pública é a habilitação artística, quando a comissão composta por músicos e artistas avalia o material apresentado por cada atração.

O projeto “Natal tem Música” é uma articulação da Prefeitura em parceria com a Rede de Música Independente (Remuin).  Ao todo serão vinte shows de artistas potiguares que irão ocorrer no palco “Mirassol”, todos voltados para trabalhos autorais e atendendo bandas, grupos e trabalhos individuais. O cachê previsto na chamada pública é de R$ 5 mil por apresentação.

A Prefeitura do Natal também está disponibilizando o espaço do palco “Curtindo na Praça”, também na Árvore de Mirassol, para uma ocupação artística espontânea de novos talentos que desejem mostrar o trabalho para a comunidade.

Sãos projetos que atendem as demandas do segmento musical da cidade. Discutido com a Rede de Música Independente e salientando sempre a qualidade do nosso artista. Todos os projetos musicais passam pelo crivo do maestro Neemias Lopes o que assegura uma qualidade e amplo debate do conteúdo que será apresentado ao público”,  comentou o secretário de Cultura de Natal, Dácio Galvão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *