Pernambuco na trilha do Parque‏ das Dunas

pernambucox

No próximo domingo, sobe ao palco do Som da Mata a pernambucana Orquestra Retratos, que tem como regente o maestro Marco Cesar Brito e formação somente de cordas dedilhadas. No show, um repertório com músicas de compositores populares e composições próprias que estão no primeiro álbum do grupo, De sol a sol.

Criada em 1998 com o objetivo de ser um laboratório permanente de estudos da cultura popular, a orquestra tem uma formação inovadora, melódica e rítmica, realçada pelo grupo de instrumentos formado por 2 bandolins, violão 8 cordas, cavaquinho, 2 bandolas, contrabaixo acústico, 2 bandoloncelos, 2 violas, percussão e bateria. A ideia musical defendida é poder transitar entre o que é considerado erudito ou popular, apesar de se orgulhar da origem nordestina de sua música, independente de títulos ou rótulos.

O Som da Mata acontece graças à renúncia fiscal da Prefeitura através da Lei Djalma Maranhão e do aporte financeiro do Programa Unimed Cultural, além do apoio do Governo do Estado, através do Idema,  que cede o espaço onde acontece o evento.

Show: Orquestra Retratos

Dia: 17 de agosto (domingo)
Hora: 16h30
Local: Anfiteatro Pau-brasil – Parque das Dunas
End: Av. Alexandrino de Alencar, s/nº
Fone: 3201 3985 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *