Plano Municipal de Cultura

A Prefeitura do Natal, através da Secretaria Municipal de Cultura (Secult/Funcarte) publica o Plano Municipal de Cultura que foi aprovado na Câmara Municipal de Natal na semana passada. BAIXE AQUI: Plano Municipal de Cultura

A Câmara Municipal de Natal aprovou o PLANO MUNICIPAL DE CULTURA, importante instrumento de gestão de planejamento de políticas culturais. Com isso, Natal conta agora com mais um documento essencial para orientar os gestores, no tocante as prioridades de investimento na cultura, de maneira planejada e continuada. O PMC terá validade de 10 anos (2017/2027).

O Plano Municipal de Cultura identifica as principais reivindicações da sociedade civil e dos setores artísticos e culturais, por conter em seus conteúdos, as propostas aprovadas pela sociedade através das cinco Conferências Municipais de Culturais realizadas pelo Município. Das 277 propostas, o documento sinaliza para os gestores 20 estratégias fundamentais, 6 diretrizes, 47 ações e 47 metas, distribuídas em 6 capítulos constituídos por eixos norteados pelo Sistema Nacional de Cultura. A elaboração foi democrática e participativa, após realização de encontros em 10 (dez) locais distribuídos nas quatro regiões administrativas da Capital (Norte, Sul, Leste e Oeste), no período de 08 a 29 de outubro de 2014. Foi criado um Grupo de Trabalho com a participação de diferentes integrantes de grupos, coletivos artísticos, gestores de associações e cooperativas culturais junto à equipe da FUNCARTE. foram realizadas consultas públicas, encaminhamentos aos setores culturais, Conselho Municipal de Cultura, sendo  disponibilizados todos os conteúdos através do Blog da Funcarte (www.blogdafuncarte.com.br), acessível até a data atual.

Os eixos principais, seguem as diretrizes orientadas pelo Ministério da Cultura. São eixos do Plano Municipal de Cultura, Do patrimônio e da memória, com 8 ações e 8 metas, Da democratização, do acesso, da acessibilidade e da sustentabilidade. 5 ações e 5 metas, Da formação, com 3 ações e 3 metas, Da gestão, do fomento e do financiamento, contendo 19 ações e 19 metas, Do livro e da leitura, compreendendo 7 ações e 7 metas e o último, Do fomento à economia criativa, com 5 ações e 5 metas.

O documento insere Natal na perspectiva de constituir o futuro Sistema Municipal de Cultura, concluindo assim o compromisso de pactuar com o Governo Federal, investimentos e propostas necessárias para o setor cultural. O Município tramita também na Câmara Municipal com o Plano Municipal do Livro, da Leitura, da Literatura e da Biblioteca.

BlogFuncarteNovoMenor