Thaís Gulin no Dia Nacional da Poesia, sexta-feira, na Funcarte‏

tg

Artista paranaense se apresenta pela primeira vez em Natal

            Atração musical nacional do Dia Nacional da Poesia, a curitibana Thaís Gulin estará se apresentando pela primeira vez em Natal. O show acontece nesta sexta-feira, dia 13, às 21h, no Pátio da Funcarte (avenida Câmara Cascudo, Centro). A entrada é gratuita.

Promovida pela Prefeitura de Natal através da Funcarte e Secult Natal, a “Virada Poética” quer relembrar os primeiros anos do tradicional Dia da Poesia em Natal, que teve início em 1978 e nunca mais deixou de ser festejado por aqui.

A banda potiguar Mahmed e a cantora e compositora paranaense Thaís Gulin são atrações musicais no Pátio da Funcarte.

Nascida no Paraná, Thaís Gulin estudou canto no Conservatório de Música de Curitiba e participou de oficinas do diretor de teatro e autor Gerald Thomas.

Interessada por teatro e música decidiu mudar-se para o Rio de Janeiro para tentar a carreira musical. Conheceu o músico, compositor e produtor Fernando Moura, que produziu seu show e o CD “Thaís Gulin” em 2007, muito bem recebido pela crítica, sendo a cantora considerada uma das grandes revelações musicais do ano pela revista “Rolling Stone Brasil” e “Folha de São Paulo”.

No ano seguinte, foi indicada ao Prêmio Rival BR de Música Brasileira, na categoria “Cantora Revelação”. Nesse disco, além de duas composições da própria Thaís, aparecem canções de Chico Buarque, Zé Ramalho, Arrigo Barnabé, Zeca Baleiro, Nelson Sargento, Otto e TomZé. Thaís fez parcerias vocais com Zeca Baleiro, Otto, TomZé, Jards Macalé e Chico Buarque.

O segundo CD, “ôÔÔôôÔôÔ”, foi lançado em 2011, e conta com músicas inéditas de Tom Zé (“Ali sim Alice”) e Chico Buarque (“Se eu soubesse”), feitas especialmente para Thaís. Por essa época a cantora e Chico Buarque começaram a namorar.

Em 2013 Thaís gravou a modinha “Até pensei” (Chico Buarque) especialmente para a trilha sonora da novela “Sangue Bom”, da Rede Globo. A música “Cinema Americano”, faz parte do seu mais recente trabalho Cinema Big Butts (EP Digital). Para o show em Natal, a cantora abrirá a noite com um poema de seu conterrâneo Paulo conterrâneo Paulo Leminski, do livro La vie en Close.

Estarão no repertório da noite as canções “Revendo Amigos” (Macalé/Waly Salomão); “Historia de Fogo” (Otto/Alessandra Negrini); “Água” (Kassin); “Cinema Americano” (Rodrigo Bittencourt); “Ali Sim, Alice” (Tom Zé); “Little Boxes” *Malvina Reynolds); Quantas Bocas” (Thais Gulin/Ana Carolina/ Kassin); “Cama e Mesa” (Roberto Carlos/Erasmo Carlos); “Garoto de Aluguel” (Zé Ramalho); “Se eu Soubesse” (Chico Buarque); “WAlk on the wild side” (Lou Reed); “Augusta, Angélica e Consolação” (Tom Zé); “ôÔÔôôÔôÔ” (Thaís Gulin); “Cinema Big Butts (Cinema Americano + Baby Got Back/Rodrigo Bittencourt e Sir Mix a Not).

Show de Thaís Gulin

Dia Nacional da Poesia

Sexta-feira, dia 13, às 21h

Local: Pátio da Funcarte (Capitania das Artes)

Avenida Câmara Cascudo, Centro.

Entrada franca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *